Blog

5 dicas de andragogia empresarial para engajar colaboradores em cursos EaD

andragogia-empresarial-para-ead-corporativo

Em que a andragogia empresarial pode contribuir com os treinamentos EaD da sua empresa?

O engajamento dos colaboradores é um desafio para todas as empresas que investem em treinamento corporativo. Esse desafio se torna ainda mais complexo na educação a distância – EaD, que exige uma postura pró-ativa e responsável dos estudantes.

Durante o desenvolvimento dos treinamentos,  surgem dúvidas como: qual conteúdo é mais relevante e atraente? Como motivar os alunos? Qual o  melhor formato de curso?  Para ajudar a responder estas, e muitas outras questões, a andragogia empresarial pode ser uma grande aliada.

A andragogia é considerada a “arte e ciência de auxiliar o adulto a aprender”. Perceba que, dentro desse conceito, o foco não está no conteúdo, mas sim no aluno adulto, que assume uma postura ativa no processo de aprendizagem.

Compreender esse aluno e conhecer suas especificidades de aprendizagem é o primeiro passo para produzir cursos interessantes e motivadores. Para ajudá-lo nessa tarefa, trouxemos algumas dicas baseadas em conhecimentos da andragogia:

Dica de Andragogia Empresarial #1

Alunos adultos aprendem por necessidade

andragogia-empresarial-para-ead-necessidade-alunos

O aprendizado dos adultos é baseado em necessidades. Ou seja, estes alunos precisam entender o porquê de estarem estudando determinado assunto, e somente assim estarão motivados

Os treinamentos devem ser direcionados a ajudar o aluno a atingir seus objetivos, sejam eles profissionais ou pessoais. Por exemplo, um curso que ajuda o colaborador a aumentar suas vendas tem grandes chances de sucesso.

Dica de Andragogia Empresarial #2

Experiências prévias dão suporte ao aprendizado

andragogia-empresarial-ead-corporativo-dicas

Adultos possuem muitas experiências e conhecimentos acumulados. Contextualizar os treinamentos levando em conta essa bagagem cultural é uma forma de motivar o aluno, possibilitando que ele tenha acesso a um conteúdo mais personalizado. Por isso, conhecer o público alvo é fundamental.

Um forma de mapear essa bagagem dos alunos é realizando um pré-teste. Depois disso, você poderá adequar o conteúdo dos cursos ao nível de conhecimento dos alunos.

Outra ação interessante é possibilitar ao aluno momentos de interação, onde ele possa expor suas experiências e conhecimentos. Nesse sentido, o blended learning, que mescla o ensino a distância e presencial, pode ser uma opção.

Dica de Andragogia Empresarial #3

A autonomia é um fator de motivação

andragogia-empresarial-para-ead-autonomia

Adultos costumam ser independentes e responsáveis pelas suas próprias escolhas, sentindo-se orgulhosos e motivados por isso.  Essa autonomia deve ser estendida para o ambiente de aprendizagem, e a educação a distância é uma ótima oportunidade de promovê-la.

Oferecer treinamentos variados, que podem ser realizados em diferentes horários, mostra aos seus colaboradores que eles são vistos como capazes de se auto-dirigir, o que é um grande motivador.

Dica de Andragogia Empresarial #4

Adultos são motivados por valores intrínsecos

adragogia-empresarial-para-ead

Recompensas externas, como notas elevadas, e reconhecimento dos superiores até podem ser consideradas como fatores de motivação. No entanto, esses não são os principais motivadores quando falamos em educação de adultos.

Adultos são motivados por valores intrínsecos, que também podemos chamar de pressões internas, como autoestima, qualidade de vida e desenvolvimento profissional e pessoal. Portanto, vincular os treinamentos a estes sentimentos é uma ótima maneira de motivar os alunos.

Se um curso estiver, por exemplo, vinculados ao plano de carreira dos colaboradores, ele terá destaque e maior engajamento.

Dica de Andragogia Empresarial #5

Conteúdos aplicáveis são mais relevantes

andragogia-empresarial-ead-aplicabilidade-conteudo

O aluno deve perceber a importância e relevância do conteúdo em seu dia a dia. A consciência da necessidade de aprender determinados assuntos faz com que o engajamento seja muito maior.

É por isso que cursos de processos ou ferramentas de trabalho costumam ter uma audiência atenta. O conteúdo deve ajudar o aluno a resolver problemas do seu cotidiano, e a aplicabilidade dos conteúdos deve estar clara a curto prazo.

Esse texto, por exemplo, terá maior relevância para você se for útil no desenvolvimento de seus projetos e-Learning. Que tal testar a aplicabilidade dessas dicas no desenvolvimento de seu próximo treinamento e-Learning?

Conclusão

Todos os pontos mencionados estão conectados e devem ser considerados em conjunto no desenvolvimento de qualquer projeto educacional voltado à capacitação e instrução de adultos.

A andragogia, por ter como foco o aprendizado de indivíduos adultos, com ampla experiência de vida e conhecimentos prévios, apresenta suas particularidades. Aqui trouxemos alguns pontos que podem otimizar a aprendizagem desses alunos, lembrando que o maior desafio em fazer com que ele se comprometa com o próprio aprendizado.

Que tal aplicar essas dicas de andragogia empresarial no seu próximo treinamento EaD? Matricule-se gratuitamente no curso e-learning Como criar roteiros para EaD clicando no botão abaixo.

Curso Gratuito | Como criar roteiros para EaD

Aprenda a criar roteiros para treinamentos a distância usando este método detalhado. Neste guia você vai aprender a roteirizar com facilidade um treinamento para EaD.

Sobre o autor

Izabella Accioly

Educadora, apaixonada por tecnologia e comunicação. Acredita que a melhor forma de aprender é compartilhar!

Se você gostou deste, pode gostar também...

Quando preciso de uma plataforma LMS?
O que é SCORM: entenda a tecnologia e para onde ela avança
Infográfico: 4 perguntas que mais recebemos sobre treinamento online

O que achou? Comente aqui :)

Comentário enviado para moderação!

Erro ao enviar a mensagem, tente novamente!